Voluntariado é fazer o bem e muito mais

Algumas expressões ajudam a definir voluntariado. Por exemplo, “voluntariado é fazer o bem”, “fazer o bem sem olhar a quem”, “fazer o bem faz bem”.

Voluntariado é:

O conjunto de ações de interesse social e comunitário em que toda a atividade desempenhada reverte-se a favor do serviço e do trabalho em prol de quem precisa, feito sem recebimento de qualquer remuneração ou lucro. Assim, o voluntário ajuda a construir uma sociedade mais justa e igualitária.

Guia Trabalhista

Você sabia que o Brasil conta com 6,5 milhões de voluntários? Isso representa 3,9% da população com 14 anos ou mais de idade no país.

O voluntariado surgiu há muito tempo e consistia principalmente na ajuda. Por exemplo com dinheiro, roupas, alimentos e alojamentos para os mais necessitados. Ou seja, pessoas doentes, idosos, pessoas com deficiência e órfãos. No passado, as ações voluntárias eram de caráter assistencialista.

Então com o passar do tempo o conceito se modernizou e as ações foram tomando novas formas, adotando ferramentas e evoluindo para programas complexos que buscam atuar na raiz dos problemas sociais. Assim, o caráter dos programas de voluntariado vem se tornando de desenvolvimento e empoderamento de grupos.

Vale citar que com a evolução tecnológica dos últimos séculos a produtividade do ser humano aumentou. Na mesma medida que a pressão por maiores resultados no trabalho.

Engajamento

Dessa forma, duas em cada três pessoas afirmam já ter pensado em participar de ações voluntárias, porém nunca participaram. Mas porque isso acontece? Listamos três motivos hipotéticos:

  1. Quando não estão trabalhando ficam com suas famílias, fazendo outros afazeres ou descansando;
  2. Pois não tem tempo disponível para participar de ações;
  3. Ou então porque não sabem como ajudar.

Se você se enxergou ou passou por alguma dessas situações não se preocupe. A boa notícia é que cada vez mais empresas estão estruturando programas de voluntariado e incentivando seus colaboradores a utilizar seu tempo e conhecimentos com o objetivo de impactar a sociedade. De tal forma que as empresas fazem isso pois é algo bom para a sociedade e igualmente benéfico para os colaboradores.

Voluntariado é fazer o bem
Ação de voluntariado corporativo Ensina na Cozinha

Provavelmente você já ouviu falar daquela crença popular de que: “o que você faz de bom para o outro volta em dobro pra você”. E veja só, alguns estudos vêm mostrando que essa crença é verdadeira.

Pesquisas sobre voluntariado corporativo

No estudo realizado pela ASID, em 2016 com 773 respostas, os voluntários afirmaram que ao participar das ações desenvolveram:

  • Trabalho em equipe – 14,9%;
  • Organização – 11,6%;
  • Proatividade – 11,4%;
  • Comunicação – 10,7%;
  • Relacionamento interpessoal – 10,1%;
  • Planejamento – 8,29%.

Um outro estudo, realizado com gestores de empresas, mostra a tendência do voluntariado em desenvolver os colaboradores e gerar comportamentos positivos:

  • 45% dos gestores entrevistados acreditam que a participação em ações voluntárias resulta na capacitação e no aumento da motivação dos funcionários;
  • Além disso, 73% acreditam que é positivo os colaboradores participar de ações durante o expediente;
  • 89% consideram que o voluntariado empresarial faz a pessoa ser um profissional melhor.

Outro dado salta aos olhos, os colaboradores que participam de ações de voluntariado são 16% mais engajados que os demais. Ou seja, eles se engajam com o voluntariado e, também, com seu trabalho.

E agora, você consegue perceber que o voluntariado é muito mais do que você poderia imaginar? Dessa forma, gera o empoderamento da sociedade e o desenvolvimento dos voluntários. Como resultado colaboradores mais engajados.

Quer conhecer as ações de voluntariado realizadas pela ASID? Então acesse nossos cases:

Referências:


Sem respostas a "Voluntariado é fazer o bem e muito mais"


    Tem algo a dizer?

    Se você achou este conteúdo útil, compartilhe com quem possa se interessar!