Saiba como o voluntariado pode ajudar sua empresa!

Segundo o dicionário, “voluntário” é:

aquele que não é forçado, que só depende da vontade; espontâneo.

Se resgatarmos e analisarmos as histórias de ações voluntárias do nosso conhecimento e que tiveram seu objetivo alcançado – seja arrecadação, organização de eventos, cuidados a um beneficiário, entre outros – concluiremos que um dos fatores chave de sucesso é exatamente a vontade própria e espontaneidade de fazer aquilo acontecer. Vamos mais além: se perguntarmos a esses voluntários protagonistas o que a ação trouxe para eles, escutaremos as mais diversas e poderosas respostas: mudança social, motivação, liderança, mudança de visão de mundo, empatia, satisfação, capacidade de realização.

Agora, se a oportunidade de ser voluntário for fomentada dentro da empresa?

Voluntariado empresarial é, segundo o Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial:

uma iniciativa de responsabilidade social de empresas, visando incentivar, organizar, apoiar e reconhecer ações voluntárias de participação cidadã de seus profissionais e demais públicos de relacionamento, em prol da sociedade.

O voluntariado empresarial faz com que o colaborador seja o principal agente do projeto que queira realizar ou daquele proporcionado pela organização. Sendo um voluntariado independente ou empresarial, os ganhos são os mesmos daqueles citados anteriormente e isso é um presente para a empresa, para o indivíduo e sociedade. É como um espelho, o que acontece de um lado acontece do outro – se sociedade é transformada, o voluntário também se modificou e isso reflete no ambiente que estará.

Durante 2015, a equipe responsável pela gestão do voluntariado corporativo da ASID analisou a experiência voluntária e o desenvolvimento de competências em suas ações. Neste primeiro estudo, com 772 respostas, os participantes indicaram que mais vivenciaram situações envolvendo competências de trabalho em equipe (14,9%)organização (11,6%), proatividade (11,4%), comunicação (10,7%), relacionamento interpessoal (10,1%) e planejamento(8,29).

Diferentemente de um fluxo de caixa, por exemplo, o voluntariado empresarial não tem uma metodologia padrão nem procedimentos rigorosos. O processo de implementação e desenvolvimento é flexível, personalizado e deve buscar o envolvimento da tríade: benefício social, empresarial e individual. Em algumas organizações, faltam “braços” para a sua viabilização e manutenção e então, parcerias – com colaboradores, ongs e outras iniciativas – são muito bem-vindas para o alcance dos objetivos.

Aos poucos, o voluntariado está saindo do critério de assistencialismo para transformador, e é assim que as expectativas geradas serão alcançadas e realidades transformadas. A medida que a história do voluntariado está sendo escrita, novas descobertas e comprovações estão surgindo e merecem ser compartilhadas para o impacto atingir mais pessoas, que é a essência do voluntariado.


Sem respostas a "Saiba como o voluntariado pode ajudar sua empresa!"


    Tem algo a dizer?

    Se você achou este conteúdo útil, compartilhe com quem possa se interessar!