Saiba como elaborar o modelo de negócios

A metodologia mais utilizada quando o assunto é modelagem de negócios é o Canvas, também conhecido como Quadro de Negócios. Esse apresenta nove quadrantes, que representam os blocos de construção de uma organização e a forma como essa irá operar e gerar valor ao cliente.

Quadro Canvas

Quadro Canvas

  • Proposições de valor (proposta de valor): diz respeito ao propósito da instituição existir e mostra como atende as necessidades do seu público. Neste bloco, deve-se pensar as seguintes questões em relação ao projeto/produto/serviço oferecido: qual o valor principal que entregará para o público? quais necessidades estarei atendendo?
  • Recursos-chave: corresponde aos recursos que serão necessários para colocar a atividade em ação. Os recursos podem ser físicos, intelectuais, financeiros e/ou humanos, sendo que os recursos físicos incluem ativos como máquinas e equipamentos e o recurso intelectual inclui conhecimento, marcas e patentes. Já o recurso financeiro diz respeito ao fluxo de caixa e às fontes de renda e, por fim, o recurso humano que compreende a mão de obra.
  • Atividades-chaves são aquelas ações necessária para a entrega da proposta de valor.
  • Parceira-chave: outras instituições e fornecedores que poderão ajudar a combinar conhecimentos e concretizar a proposta
  • Segmentos de clientes: os clientes correspondem aos seus públicos e ao realizar a segmentação deles, ou seja, dividi-los, fica mais claro saber como a instituição pode atuar para satisfazer a necessidade de cada segmento e entregar valor para eles.
  • Canais: são os meios pelos quais irá se comunicar com seu público
  • Relacionamento com clientes: é a forma como irá se relacionar e interagir com o segmento de cada público e como irá alcançar públicos diferentes
  • Fontes de receita: este é o bloco em que deve-se pensar quanto os seus clientes estão dispostos a ofertar pela sua proposta de valor
  • Estrutura de custos: diz respeito a todos os custos necessários para colocar a mão na massa. Esse item é extremamente importante para haver um controle e avaliar o investimento necessário e o custo de projetos e ações.

Para ajudar no entendimento, temos abaixo o exemplo de uma ONG fictícia, cujo nome é CACA

Quadro simulando o Canvas de uma instituição

Após o desenvolvimento do modelo de negócios, pode ser que a instituição perceba que tem algo faltando, como exemplo recursos financeiros. A partir daí, pode adotar como estratégia se relacionar mais com um público com uma nova proposta de valor para conseguir mais recursos ou então trabalhar com os mesmo públicos e com uma proposta de valor ainda melhor e conseguir capturar mais recursos.

A ideia principal que deve ser retirada do conteúdo apresentado é que para a instituição obter sucesso é necessário saber o que os seus clientes desejam, afinal não adianta se empenhar em desenvolver um projeto ou ação que não agregue valor para ele. Por isso, a ferramenta canvas é muito eficiente, uma vez que possibilita o estudo profundo do público que deseja alcançar.  

Para conhecer outros conteúdos que podem te ajudar, clique aqui e acesse o nosso blog. Vamos juntos construir uma sociedade inclusiva?

Para conhecer mais sobre o assunto, clique aqui e acesse a matéria da semana passada, onde explicamos um pouco mais sobre o tema.


Sem respostas a "Saiba como elaborar o modelo de negócios"


    Tem algo a dizer?

    Se você achou este conteúdo útil, compartilhe com quem possa se interessar!