Resultados do projeto de inclusão da pessoa com deficiência em Foz do Iguaçu

O Programa Força Voluntária- Itaipu, com o apoio da ASID Brasil,  realiza o projeto Inclusão da Pessoa com Deficiência (PcD) em Foz do Iguaçu e região, com o objetivo de fortalecer e articular grupos sociais para incentivar a inclusão de PcD na sociedade, principalmente no mercado de trabalho. Para isso é utilizada a metodologia de Impacto Coletivo, que visa a união de diferente atores para solucionar um problema social.

Ao todo, o projeto conta com 6 etapas: diagnóstico das instituições, diagnóstico da inclusão, agenda comum, capacitação de atores, confecção do plano e comunicação contínua. E após meses de trabalho, as cinco primeiras etapas foram concluídas com sucesso.  

O diagnóstico das instituições foi finalizado em junho com a aplicação do Índice de Desenvolvimento de Educação Especial (IDEE) – uma ferramenta desenvolvida pela ASID . Através dela foram analisados diversos itens que compõe a gestão das instituições participantes, como: gestão financeira, captação de recursos, lideranças, recursos humanos, impacto social, marketing, infraestrutura e jurídico. Desse modo, foi possível ter uma visão clara de elementos que são essenciais no desenvolvimento de novos projetos.

Já o diagnóstico da inclusão, teve como objetivo realizar uma análise geral da atual situação da PcD em Foz do Iguaçu, Missal, Entre Rios do Oeste e Santa Helena. Foram entrevistados órgãos governamentais, agências do trabalhador, pessoas com deficiência e empresas da região. Como forma de comemoração e divulgação do diagnóstico, realizou-se o primeiro Fórum da Inclusão.

O melhor de tudo é que diversas instituições participantes do projeto já tiveram ótimos resultados. Elisa representante da organização “Nosso Canto”, afirma que o projeto está sendo de grande importância, uma vez que contribuiu para a melhora da gestão, no contato com os profissionais, em questões financeiras e, principalmente, no quesito organização. Graças ao projeto, atualmente possuem um calendário anual com planejamento de conteúdos e uma comissão de obras dividida por setores.

Encontro de apresentação dos planos de ação

Luciane, responsável pela ACDD (Associação Cristã de Deficientes Físicos), ressaltou que com o projeto teve a oportunidade de conhecer o programa de energia solar da Itaipu e aplicá-lo na instituição, além de aprender conceitos novos sobre captação de recursos. O mesmo se aplica para a ASPAS (Associação Solidária às Pessoas Autistas), que foi fundada em fevereiro do ano passado e por serem uma instituição recente, o projeto contribuiu muito para o desenvolvimento e para troca de experiências com outras fundações.

Outro exemplo é a APAE Foz do Iguaçu, que apresentou resultados positivos na área de marketing e engajamento de público através da página no facebook que possibilitou maior visibilidade das suas ações e um aumento da interação entre a família, instituição e professores.

No último dia 20 aconteceu o evento que encerrou as etapas de agenda comum, capacitação de atores e confecção do plano. Neste dia, os grupos de trabalho formados no Fórum em 2018 apresentaram seus planos de ação criados durante os encontros de fevereiro e março deste ano.

Esses grupos buscam, juntos, criar uma cultura de inclusão na região de Foz do Iguaçu. O grupo Capacitação tem como objetivo promover iniciativas de capacitação para PcD, familiares e empresas, o de  Articulação visa organizar ações que garantam a continuidade a rede após o do projeto.

A equipe Sensibilização irá realizar um Festival de inclusão onde acontecerão várias ações culturais abertas ao público. Por fim, há o grupo Estratégias para Inclusão, que visa o fortalecimento do Conselho das Pessoas com Deficiência e do Conselho Municipal da PcD e se propõe a levantar dados sobre pessoas com deficiência que estão aptas para o mercado de trabalho.

A partir de agora, inicia-se a última fase, a comunicação contínua entre as partes envolvidas no projeto, os grupos e a Itaipu para garantir que todas as ações propostas sejam realizadas.

Para saber mais sobre o projeto e acompanhar seu desenvolvimento, acesse nosso blog e fique por dentro das novidades!

Para conhecer outros cases como esse, baixe o conteúdo do nosso Relatório de Impacto!


Sem respostas a "Resultados do projeto de inclusão da pessoa com deficiência em Foz do Iguaçu"


    Tem algo a dizer?

    Se você achou este conteúdo útil, compartilhe com quem possa se interessar!