Conheça os benefícios do voluntariado para a saúde física e mental

Na publicação anterior “O impacto do voluntariado corporativo nas empresas”, ficou clara a importância do voluntariado no meio empresarial, mas os colaboradores que realizam essa ação também são beneficiados, tanto em questões físicas quanto mentais.

O trabalho voluntário permite ao colaborador praticar habilidades importantes utilizadas no dia a dia da profissão, entretanto também oferece a possibilidade de desenvolver novas habilidades que podem contribuir para seu desempenho profissional. Como exemplo, pode-se imaginar uma pessoa que tem dificuldade em se comunicar com seus colegas de trabalho, seja por timidez ou por não se sentir confortável. Ao realizar um trabalho voluntário pode atuar em alguma área em que precise se comunicar, com isso acaba aprimorando uma nova habilidade, o que contribui tanto para o ambiente interno da empresa, quanto para seu desenvolvimento pessoal.   

Em estudo realizado pela Ação Social para Igualdade das Diferenças (ASID Brasil), os colaboradores que participaram de projetos voluntários apresentaram melhora em diversas áreas, como trabalho em equipe (14,9%), organização (11.6%), proatividade (11,4%), comunicação (10,7%), relacionamento interpessoal (10,1%) e planejamento (8,29).

O trabalho voluntário também é um grande aliado na saúde física e mental. Segundo a análise feita pela Universidade de Michigan (EUA), as pessoas que atuam como voluntárias podem viver em média 4 anos a mais e com melhor qualidade de vida, segundo o pesquisador americano Allan Luks. Tal resultado se deve ao fato de que o voluntário vivencia um poderoso sentimento de satisfação, resultando na diminuição do stress e da liberação de endorfinas, neurotransmissor que provoca a sensação de felicidade.

A satisfação pessoal e a integração com outras pessoas através do trabalho voluntário estão conectadas, afirma o site HelpGuide, parceiro da Harvard Medical School. Poder colocar em prática conhecimentos e habilidades pessoais a fim de ajudar ao próximo, desencadeia na pessoa a sensação de pertencimento a um grupo social, de sentir-se útil.

O trabalho voluntário também pode ajudar no combate a algumas doenças, como exemplo a depressão, visto que ao se envolver com outras pessoas elimina-se o isolamento social, uma das condições do quadro depressivo. Além das vantagens psicológicas, a prática da atividade voluntária também proporciona benefícios ao corpo, como a diminuição do estresse ao realizar um trabalho prazeroso, o que tende a prevenir problemas do coração, derrames e aumento da pressão arterial.

Conforme a pesquisa realizada pela Pastoral da Criança, 84% das pessoas que realizam trabalho voluntário acreditam que esse promove a saúde física, 95% que também proporcionam benefícios emocionais e 70% afirmam que os serviços voluntários os fazem se sentir mais saudáveis.

O trabalho voluntário proporciona benefícios para todas as partes envolvidas. As empresas conseguem incentivar cada vez mais seu colaborados a desenvolver habilidades e adquirir novos conhecimentos, o que resulta em uma pessoa mais pró-ativa e com espírito de liderança.

Já aquele que realiza o voluntariado, garante uma boa saúde física e mental, além de criar novas amizades e conhecer realidades diferentes. Entretanto, o principal motivo que deve impulsionar a pratica de ações voluntárias é a vontade de ajudar ao próximo e de impactar o mundo de forma positiva.

Clique aqui e acesse o Relatório de Impacto, com histórias das ações de voluntariado promovidas pela ASID unindo empresas e instituições:

 


Sem respostas a "Conheça os benefícios do voluntariado para a saúde física e mental"


    Tem algo a dizer?

    Se você achou este conteúdo útil, compartilhe com quem possa se interessar!