Conheça Débora Seabra, a primeira Professora com Síndrome de Down do Brasil

Em uma classe de 28 crianças entre 6 e 7 anos, na Escola Doméstica, situada em Natal (RN), quem alfabetiza os alunos é a Professora Débora Seabra. Até aí tudo bem, não fosse a grata surpresa de que ela é portadora da Síndrome de Down.

Natural da própria cidade de Natal, Débora possui 31 anos e é a primeira professora do país, formada em nível médio, com a Síndrome. Isso mostra a importância da inclusão de pessoas com deficiências leves ao ensino regular, quando se mostra uma alternativa viável para o aluno. Atualmente, existem 25 pessoas com Down em Universidades no Brasil e 50 inciando cursos profissionalizantes todo ano.

Porém nem tudo são flores, ao ser questionada por um aluno por que falava “engraçado”, Débora explicou que é um pouco diferente dos demais. Casos como o de Débora são muito importantes no auxílio ao combate do preconceito que, infelizmente, ainda existe. Débora diz: “a gente conversa muito sobre inclusão nas aulas. A Síndrome de Down é apenas uma característica minha, nada mais. Sei que minha história é um exemplo para eles”. Um dos pais de aluno descobriu que a Professora possui a Síndrome apenas na reunião de pais, preferiu mantê-lo na escola por que ele a encara como mais uma das professoras.

Alguns dados sobre a Síndrome de Down no Brasil:

  • Um a cada 700 brasileiros possui a Síndrome
  • São 300 mil pessoas com a Síndrome no país
  • Destes, 25 estão matriculados em curso superior ou já concluíram
  • Todo ano, entre 50 e 60 pessoas com a Síndrome iniciam curso profissionalizante
  • Existem mais de 100 pessoas com Down ativas no mercado de trabalho
  • Créditos para a Matéria da ISTOÉ do dia 22/03/2013 – A Professora é Down. Acompanhe na íntegra: http://migre.me/eg4zQ.


  • 1 Resposta a "Conheça Débora Seabra, a primeira Professora com Síndrome de Down do Brasil"

    • fatima vieira
      16 de julho de 2013 (01:13)
      Responder

      Sou mãe de um rapaz com a síndrome,fico muito feliz em saber da vitória da nossa linda professora,meu filho é o Rossini junior, em novembro de 2012 foi o prmeiro a ganhar medalha de ouro pelo senai
      representando alagoas,concorreu com nove estados brasileiros em s,paulo foi a maior emação da minha vida,há e ele é potiguar,nasceu em Currais novos,um beijo carinhoso pra você Debóra.


    Tem algo a dizer?

    Se você achou este conteúdo útil, compartilhe com quem possa se interessar!