Boas práticas de inclusão das pessoas com deficiência intelectual

Saiba qual o passo a passo correto para incluir PcD na equipe

Quando uma empresa decide incluir pessoas com deficiência intelectual (PcDI) na equipe, surgem diversas dúvidas sobre como essa integração deve ser feita e como o ambiente e os colaboradores devem ser preparados para realizar uma inclusão consciente. Visando sanar estas dúvidas e simplificar o processo, criamos um passo a passo com as boas práticas para que todas as empresas pratiquem a inclusão da maneira adequada.

O que a empresa ganha ao incluir uma pessoa com deficiência intelectual?

Ao praticar a inclusão consciente, ou seja, seguindo não apenas a legislação, mas sim adotando práticas que prezam pelo respeito e compreensão de cada deficiência e suas características, a empresa e seus colaboradores colhem inúmeros benefícios. Dentre os principais destacam-se: ambiente em prol do fim do preconceito, desperta a cooperação entre os times, empresa fica com imagem positiva perante o mercado e colaboradores ficam mais engajados, permanecendo por mais tempo no quadro de funcionários. Além de tudo isso, a empresa passa a cumprir a legislação e evita o risco de ter que pagar uma multa por não estar seguindo a legislação.

Passo a passo para fazer uma inclusão consciente

Veja abaixo alguns dos pontos que devem ser analisados na hora de uma empresa realizar a inclusão de pessoas com deficiência intelectual

1. Características da vaga

O primeiro passo a ser pensado é a vaga que será disponibilizada. Embora ela possa mudar no decorrer do processo seletivo da pessoa com deficiência, é importante que a empresa trace suas necessidades e encontre oportunidades reais que sejam úteis, assim, é possível estabelecer um plano de carreira para o colaborador se sentir sempre motivado e, consequentemente, crescer na corporação.

2. Entrevista

Ao abrir a vaga, divulgar e começar a marcar entrevistas, a empresa precisa entender se a pessoa com deficiência possui restrições ou particularidades que devem ser respeitadas durante o processo, por exemplo, se a pessoa for cadeirante precisará de acessibilidade, se tiver dificuldade em um ambiente com muito barulho, deve-se entrevistá-la em um local calmo, e assim por diante. Pedir referências para organizações que atuam na causa da pessoa com deficiência pode ser uma boa alternativa também.

3. Contratação

A contratação da PcD deve ser mais um momento personalizado. A empresa precisa auxiliar o colaborador a entender todas as etapas do processo e, se necessário, alinhar todas as informações e solicitar documentações para um responsável legal, caso ela não consiga realizar sozinha.

4. Deslocamento

Outro ponto importante é que, algumas pessoas com deficiência intelectual precisam aprender atividades no sistema de repetição. Isso significa que a empresa deve prestar assistência e ensinar a PcD o caminho que ela deve fazer de casa até o local de trabalho, podendo contar com o apoio de profissionais. Vale ressaltar que a corporação também deve ter compreensão com o novo funcionário, já que, nos primeiros dias, ele necessita memorizar o caminho até a empresa.  

5. Adaptação na estrutura

Se a pessoa com deficiência intelectual que está sendo inserida no mercado de trabalho tiver alguma limitação física, por exemplo, o uso de cadeira de rodas, a empresa contratante precisa adaptar sua estrutura para que ela seja acessível a todos os colaboradores. Para isso, existe uma legislação vigente que traz todas as informações e indicações de como as mudanças devem ser feitas para garantir que a inclusão seja feita da maneira certa e a pessoa bem acolhida.

6. Acessibilidade atitudinal 

A inclusão consciente somente acontece quando a empresa se prepara para receber a pessoa com deficiência intelectual. Neste cenário, também se enquadram as mobilizações com os demais colaboradores, já que é necessário incluí-los também. Alguns funcionários podem ter dúvidas simples, como, por exemplo, como se comunicar com uma PcD ou ainda como dar feedback. Neste momento, o ideal é que seja feita uma palestra, ação de sensibilização e/ou treinamento para que todos entendam o que é a deficiência e suas particularidades, promovendo assim um ambiente respeitoso, cooperativo e inclusivo.

7. Dia a dia

A pessoa com deficiência intelectual e o ambiente em que ela está inserida precisam ter um acompanhamento constante em busca de oportunidades de melhoria e equalização da produtividade. Isso não significa que a PcD necessita de monitoramento durante todo o dia de trabalho, mas sim que o gestor ou responsável pelos recursos humanos verifique se há dúvidas e melhorias para manter um ambiente inlcusivo. Garantir um local de trabalho saudável e acessível é dever de todos. 

Começar uma metodologia de inclusão de pessoas com deficiência intelectual na empresa não é uma tarefa difícil e seguindo as boas práticas apresentadas aqui, o processo se torna simples e eficiente.

Que tal aprofundar os conhecimentos e acessar nosso Kit sobre a Inclusão de pessoas com deficiência no Mercado de trabalho?

Você é uma pessoa com deficiência ou responsável legar por uma e quer acessar oportunidades de trabalho? Clique no botão abaixo e realize o cadastro do currículo sem custos:

Se você faz parte de uma empresa que deseja incluir, entre em contato com a ASID, envie um e-mail para queroincluir@asidbrasil.org.br.

Acesse os vídeos e outros conteúdos da Campanha de Inclusão (clique para acessar):

  1. Caminhos para a sua instituição incluir a pessoa com deficiência no mercado de trabalho
  2. Conheça a metodologia de instituições que fazem a inclusão da pessoa com deficiência intelectual no mercado de trabalho
  3. Histórias de pessoas com deficiência intelectual no mercado de trabalho
  4. Benefício de prestação continuada (BPC) ou trabalho?
  5. Conheça a possibilidade do emprego apoiado
  6. Descubra onde seu filho com deficiência pode chegar
  7. E quando eu não estiver mais aqui? O que será do meu filho com deficiência?
  8. Saiba como aproveitar a mudança no mercado de trabalho para incluir pessoas com deficiência
  9. Como fazer a inclusão de pessoas com deficiência no mercado trabalho
  10. Descubra os benefícios para a sua empresa em incluir a pessoa com com deficiência intelectual
  11. Boas práticas de inclusão das pessoas com deficiência intelectual (você está aqui)

Sem respostas a "Boas práticas de inclusão das pessoas com deficiência intelectual"


    Tem algo a dizer?

    Se você achou este conteúdo útil, compartilhe com quem possa se interessar!