A base da mensuração de impacto

Como visto no post anterior, o ponto inicial na elaboração de um projeto é estabelecer qual objetivo será atingido, pois é isso que norteará todo o trabalho a ser realizado. E como executar essa mensuração é o segredo do negócio. Existem diversas teorias sobre mensuração de impacto, que serão abordadas no nosso e-book, mas o que queremos trazer hoje é uma breve explicação sobre a Teoria da Mudança, a qual auxilia na definição dos indicadores de resultado.

A partir do momento que existe uma ampla e clara compreensão de qual problema será resolvido através do projeto, a Teoria da Mudança começa a fazer sentido, pois ela inicia a partir das metas que são estabelecidas, e do passo a passo para alcança-las. Para isso, é necessário entender todos os processos que envolvem a organização, e seus pontos principais são os demonstrados pelo diagrama abaixo:

 

diagrama

 

  • A missão é a razão de existência e o objetivo da organização
  • Inputs são todas as entradas do processo de impacto da organização, incluindo dinheiro, pessoas, equipamentos e contatos
  • Atividades são as tarefas específicas que a organização realiza, ou seja, o que ela processa e faz com os inputs que são fornecidos
  • Outputs são produtos e serviços que são resultados da atividade da organização
  • Outcomes são as mudanças de comportamento, performance e atitudes específicas que mostram o resultado de curto prazo das ações realizadas
  • Impacto é como as pessoas estão transformando de fato os seus comportamentos e isto está mudando o meio em que estamos inseridos

É a partir de todos esses elementos mapeados, que se torna possível identificar quais atividades e intervenções são necessárias para alcançar os resultados planejados, além de gerar uma análise crítica e clareza dos gatilhos necessários para gerar o impacto, auxiliando na construção de um planejamento estratégico mais condizente com a realidade, pois assim as atividades estão todas interligadas e demonstram como se chegará a mudança social desejada.

Logo, a Teoria da Mudança vai muito além da identificação dos resultados do projeto, pois ela ajuda na avaliação de todas as etapas do progresso para alcançar a mudança social/ambiental e leva os gestores a pensar em todo o caminho que será percorrido, de forma a evitar acontecimentos indesejados, uma vez que o acompanhamento é constante, desde a missão até o impacto, e torna-se mais fácil ver se alguma medida diferente será necessária durante o trajeto, e se o resultado será alcançado da maneira desejada.


Sem respostas a "A base da mensuração de impacto"


    Tem algo a dizer?